quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Vitória fica no empate em Serrinha


Muita correria e pouca inspiração em campo. Foi o que se viu no empate sem gols entre Vitória e Atlético na noite desta quarta-feira, 22, no Estádio Mariano Santana, em Serrinha, pela 10ª rodada do Campeonato Baiano 2012.
O resultado manteve a diferença de um ponto entre o Leão e o Carcará; enquanto o time da capital chegou aos 17 pontos e, com a rodada ainda incompleta, avançou temporariamente para a terceira colocação, o representante de Alagoinhas perdeu a chance de entrar no G-4 e permanece em quinto, agora com 16 pontos, mesmo número de pontos do Vitória da Conquista, que tem um triunfo a mais.
Ainda em busca de uma formação ideal, o técnico Toninho Cerezo tentou surpreender o Atlético ao escalar três atacantes, mas lançou mão de um meio campo com pouca criatividade, dependente apenas de Lúcio Flávio como encarregado pela articulação das jogadas de ataque. O seu time sentiu e passou a maior parte do tempo na base do chutão.
Enquanto o comandante rubro-negro segue a promover testes na equipe, alcançar a liderança do estadual poderá se tornar uma tarefa cada vez mais árdua: o líder Bahia de Feira (21 pontos) e o vice-líder Bahia (20) ainda jogam nesta quinta-feira, 23, contra Juazeirense e Flu de Feira, respectivamente, e podem abrir vantagem na classificação. O Conquista, quarto colocado com 16 pontos, pega o Feirense.
Para a 11ª rodada, a última do primeiro turno, Cerezo não poderá contar com os suspensos Neto Baiano e Mineiro, que receberam o terceiro cartão amarelo e não estarão em campo às 16h do próximo domingo, 26, quando o Leão jogará contra o Serrano, no Barradão. No mesmo dia e no mesmo horário, o Atlético pega o Juazeirense, no Estádio Adauto Morais.
Atlético 0X0 Vitória - 10ª rodada do Campeonato Baiano 2012.
Local: Estádio Mariano Santana, em Serrinha (BA).
Data: Quarta-feira, 22 de fevereiro.
Horário: 22h.
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação.
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Marcos Welb Rocha de Amorim.
Cartões amarelos: George, Tácio e Leandro (Atlético); Neto Baiano, Dankler e Mineiro (Vitória).
Público: 2.962 pagantes.
Renda: R$58.940,00.
Atlético: Marcos Paulo; Ademir, Rogério, Rodrigo e George; Leandro, Garrinchinha (Antônio Carlos), Tácio (Noel) e Narciso (Jânio); Deon e Robert. Técnico: Barbosinha.

Vitória: Renan; Romário, Dankler, Victor Ramos e Mansur; Michel, Mineiro, Lúcio Flávio (Arthur Maia) e Marquinhos; Dinei e Neto Baiano (Geovanni). Técnico: Toninho Cerezo.
Rafael França/A Tarde

Nenhum comentário: