domingo, 4 de março de 2012

Jael: do inferno para o céu


O futebol é incrível.



O atacante Jael do Sport, tinha tudo para sair de campo como o pior da partida.


Perdeu dois gols certos. Aos 14 e aos 38 do 2º tempo.


Inclusive, poderia ter sido expulso pelo árbitro Émerson Sobral. Já tinha cartão amarelo e chutou uma placa de publicidade, após o lance dos 38 minutos. Fato semelhante aconteceu no ano passado, quando Derley, volante do Náutico chutou uma placa após fazer o 2º gol de uma vitória em cima do Salgueiro.


43 minutos. Cruzamento de Renato, Jael estava no lugar certo. De cabeça, fez o gol da vitória leonina.


O Petrolina dominou o 1º tempo, mas, sem objetividade.


Aos 8 do 2º tempo, perdeu o lateral Geovani, expulso após puxar pelo ombro, o volante Diogo Oliveira do Sport, quando este sairia de frente para o gol.


O Leão venceu por 1 x 0 e permanece na vice-liderança, agora com 30 pontos.


Petrolina - Jaílson; Gustavo, Lau (Thiago), Uilton e Jeferson Petrolina; Fábio, Sinho,
Júlio e Geovane; Souza e Wellington (Getúlio). Técnico: Pedro Manta.


Sport - Magrão; Thiaguinho, Bruno Aguiar, Tobi e Renê (Renato); Hamilton, Diogo
(Roberson), Rivaldo  (Marquinhosl) e Marcelinho Paraíba; Willians e Jael.
Técnico: Mazola Júnior.


Local: Estádio Paulo Coelho (Petrolina)
Árbitro: Emerson Sobral
Assistentes: Elan Vieira e Paulo Steffanello
Gols: Jael (aos 43 do segundo tempo)
Cartões amarelos: Jael, Renê, Marcelinho Paraíba (S); Wellington, Lau (P)
Cartão vermelho: Geovane
Público: 5.300
Renda: R$ 49.000,00


Foto: Super Esportes

Nenhum comentário: