domingo, 18 de março de 2012

Náutico empata com Ypiranga em jogo fraco


Roberto Ramos/DP/D.A Press
























Em jogo fraco tecnicamente, Náutico e Ypiranga ficam em um empate sem gols, na tarde deste domingo, no estádio Limeirão, em Santa Cruz do Capibaribe. O 0 a 0 manteve o Alvirrubro na 3ª colocação do Estadual. Para o Náutico, o resultado acabou sendo bom, pois o time jogou sem quatro titulares. Além de Derley, suspenso, Siloé, Eduardo Ramos e Marlon foram poupados pelo técnico Waldemar Lemos. Os três estão pendurados com dois amarelos e o treinador resolveu não arriscar, pois terá o clássico contra o Sport no próximo domingo.

Remendado, o time encontrou muitas dificuldades para suportar a pressão dos mandantes, apesar do início morno. Nos 20 primeiros minutos de jogo, as principais ações da duas equipes times foram as penalidades, uma para cada lado. Mas só reclamação mesmo, pois nenhum deles foi assinalado pelo árbitro Carlos Costa. Aproveitando o visível cansaço do time timbu, que teve uma série de viagens de ônibus na semana, os jogadores do Ypiranga tentaram impor um jogo de muita correira, mas de forma desorganizada. No Timbu, com três zagueiros e três volantes, Souza atuou mais adiantado, na criação de jogadas, mas com marcação individual do volante André Lima. Pouco criou, diante da postura mais precavida adotada por Waldemar Lemos.

Na melhor chance do primeiro tempo, o zagueiro alvirrubro Ronaldo Alves tocou de letra após uma confusão na área e André Pereira defendeu. Souza chegou atrasado e perdeu a chance. No mais, um jogo fraco tecnicamente. Como Waldemar se mostrou satisfeito com o rendimento da equipe, o Náutico voltou exatamente da mesma forma para a etapa final. Formação, postura e erros.

Já a Máquina de Costura voltou focada em aproveitar melhor a bola parada. Aos 2 minutos, a primeira boa chance, numa cobrança de falta de Tiago Laranjeira. André Lima errou a cabeçada. A resposta de Rosa e Silva veio logo depois, num contragolpe, com boa troca de passes. Dorielton bateu colocado, mas a bola passou raspando a trave. Com o jogo equilibrado, Waldemar finalmente resolveu arriscar, aos 20 minutos. Promoveu a entrada Tiuí no lugar de Philip, deixando o time com dois atacantes. Partiu pra cima e cedeu espaços. Sorte que a pontaria do alviazulino não estava calibrada. No fim, Tiuí ainda acertou uma cabeçada fortíssima, mas o goleiro da Máquina manteve o zero no placar.

Ficha técnica

0 Ypiranga
André Pereira; Tigrão, Neto, Lúcio e Teles (Jaime); André Lima, Jair, Marcos Mendes e Otacílio (Tiago Laranjeira); Danilo Lins e Cristiano (Thomas Anderson). Técnico: Reginaldo Sousa

0 Náutico
Gideão, Auremir, Diego Bispo, Ronaldo Alves e Jefferson; Cesar Marques, Lenon, Elicarlos, Souza e Philip (Rodrigo Tiuí); Dorielton (Piauí). Técnico: Waldemar Lemos

Local: Limeirão (Santa Cruz do Capibaribe). Árbitro: Carlos Costa: Auxiliares: Jossemar Diniz e Roberto José.  Público: 4.951 torcedores. Renda: R$ 40.510,00


Cassio Zirpoli - Diario de Pernambuco 

Nenhum comentário: