quinta-feira, 8 de março de 2012

Santa vence Penarol e traz vantagem para o Arruda



O Santa Cruz venceu o Penarol/AM por 2 x 1, no estádio do Sesi, em Manaus, na noite desta quarta-feira, em partida válida pela primeira fase da Copa do Brasil. Os gols foram marcados pelo atacante Geílson.

Com esse resultado os dois times voltam a se encontrar no Arruda, na próxima quarta-feira, às 20h30, e o Tricolor pode até perder de 1 x 0 que garante a classificação para a próxima fase.

TIME  - O treinador Zé Teodoro escalou na noite desta quarta-feira o mesmo time base que vem utilizando no Campeonato Pernambucano, inclusive mantendo a dupla de ataque com Geílson e Dênis Marques.

Assim, o Santa entrou em campo com: Tiago Cardoso, Diogo, Leandro Souza, William e Dutra; Anderson Pedra, Memo, Weslley e Renatinho; Geílson e Dênis Marques.

O JOGO - Desde o começo do jogo o Mais Querido mostrou que iria buscar de todas as formas eliminar o Penarol já no primeiro confronto. Logo aos 4 minutos Dênis Marques teve boa chance de abrir o marcador, mas o goleiro Rascifran fez boa defesa.

O Tricolor manteve a pressão no campo ofensivo até inaugurar o placar. Já aos 15 minutos Geílson avançou pela esquerda, entrou na área e tocou no canto do arqueiro alvi-azulino. 0 x 1 

Depois do gol o Santa recuou um pouco e passou a apostar mais nos contra-ataques. O Penarol aproveitou para crescer em campo e criou uma boa chance de empatar com Marinelson, mas Tiago Cardoso fez grande defesa e impediu o gol.

O lance assustou o time coral que voltou a marcar os amazonenses no seu campo de defesa, até que aos 41 minutos Geílson voltou a marcar. O atacante entrou na área pela diagonal, da esquerda para o meio e bateu sem chance para Rascifran. 0 x 2

No segundo tempo o Tricolor continuou buscando os gols e aos 6 minutos Renatinho teve boa chance de marcar chutando de fora da área, mas o goleiro defendeu bem.

Em uma falha defensiva do Santa, aos 13 minutos, o Penarol conseguiu diminuir o marcador. Depois de um bate-rebate dentro da área, Marinelson aproveitou para mandar para as redes de Tiago Cardoso. 1 x 2

Com o time da casa buscando o empate a todo custo, o treinador Zé Teodoro colocou o volante Chicão e o meia Natan nas vagas de Weslley e Renatinho, mesmo assim foi o Penarol que continuou criando as melhores chances de gol.

No fim da partida Geílson reclamou de dores na perna e saiu de campo para a entrada de Flávio Recife, mas o departamento médico coral disse que o jogador sentiu apenas cãimbras.

Já no fim do jogo o Penarol mandou uma bola na trave do goleiro Tiago Cardoso, em uma cobrança de falta, mas o placar terminou com a vantagem tricolor.
Fonte: Agência CoralNET de Notícias
Foto: A Crítica

Nenhum comentário: