sábado, 10 de março de 2012

Sport vence América e assume liderança do PE 2012

Em uma partida marcada por um grande susto do zagueiro Bruno Aguiar, que desmaiou após um choque com um atleta adversário e deixou o campo socorrido às pressas, o Sport venceu o lanterninha América por 4 a 2, no estádio Ademir Cunha, no Paulista, e chegou aos 36 pontos. Os gols rubro-negros foram marcados pelo próprio Bruno Aguiar, Tobi, Willians e Marcelinho Paraíba. Com o resultado, o Leão assumiu a liderança isolada do Campeonato Pernambucano. Pelo menos até a tarde deste domingo, quando Salgueiro (34 pontos) enfrentará o Santa Cruz, no Arruda. Caso o Carcará não vença o jogo, o Sport seguirá na ponta da tabela. 

Se alguém esperava um jogo morno entre Sport e América, enganou-se feio. Desde os primeiros minutos do primeiro tempo, ambas as equipes partiram em busca da vitória. Mais organizado, o Leão chegava com mais perigo à meta do goleiro Danilo. Depois de arriscar com chutes de longa distância com Marcelinho Paraíba e Hamilton, aos 20 minutos o árbitro marcou uma falta na risca da grande área em favor do Sport. Bruno Aguiar se apresentou para cobrança e mandou uma bomba. A bola vazou a barreira do Mequinha e morreu no fundo das redes.

Com o gol, o time rubro-negro cresceu na partida e foi em busca do segundo gol, que não demorou muito para acontecer. Aos 30 minutos, Marcelinho Paraíba entrou pela esquerda e chutou cruzado, a zaga rebateu e, no rebote, Tobi chutou de esquerda para ampliar: 2 a 0. Quando a partida parecia tomar um rumo de uma goleada, eis que o América resolveu crescer na partida. Aos 34, Jaílson mandou cruzado de fora da área e magrão fez grande defesa, no rebote Flávio Barros mandou mais uma bomba para mais uma defesa sensacional do paredão rubro-negro.

Cinco minutos depois, mais uma ótima jogada de Roma pela direita, que entrou com facilidade pela zaga rubro-negra e bateu cruzado. Magrão, mais uma vez, fez a defesa, dando novo rebote nos pés de Flávio Barros. Dessa vez, o atacante só teve o trabalho de escorar para diminuir o placar. Pouco depois do gol, Flávio disputou uma bola por cima com o zagueiro Bruno Aguiar. O atleta rubro-negro levou a pior e caiu desmaiado, sendo socorrido às pressas, dando um susto em quem assistia ao jogo. Bruno, todavia, acordou em seguida e não corre riscos de morte. 

Na volta para o segundo tempo, o Sport foi arrasador. Aos dois minutos, Willians avançou pela direita, passou por três defensores e mandou uma bomba cruzada, no canto. Um golaço. A partir de então, uma série de chances desperdiçadas pelo Leão. Aos 14, Marcelinho Paraíba bateu escanteio, a zaga deu rebote. Ele mesmo pegou a sobra e mandou uma bomba. A bola passou rente à trave. Dez minutos depois, foi a vez de Marquinhos aparecer no jogo. O meia-atacante driblou dois adversários e bateu no canto para grande defesa de Danilo. 

As chances foram seguindo, mas o Sport não conseguiu ampliar. Aos 35 o América ainda deu emoção ao time. Jaílton cobrou falta e Léo Gama subiu mais que a zaga rubro-negra para diminuir o placar. Foi só o susto mesmo. No minuto seguinte, Marcelinho Paraíba bateu falta, a bola desviou na barreira e morreu nas redes. Foi o décimo gol dele na competição, o artilheiro isolado do Estadual.

Ficha do jogo

América 2

Danilo; Roma (Maneco), David, Negretti e Adriano; Algodão, Dunga, Jaílton e Coringa (Léo Gama); Flávio Barros e Carlos Alberto (França). 
Técnico: Charles Muniz. 

Sport 4

Magrão; Thiaguinho (Moacir), Tobi, Bruno Aguiar (Edcarlos) e Renê; Hamilton, Diogo Oliveira, Marquinhos, Marcelinho Paraíba; Willians e Jael (Roberson).
Técnico: Mazola Júnior.

Local: Ademir Cunha, no Paulista. Árbitro: Nielson Nogueiro. Assistentes: Pedro Wanderley e Clóvis Amaral. Gols: Bruno Aguiar, Tobi, Willians e Marcelinho Paraíba (S); Flávio Barros e Léo Gama (A) Cartões amarelos: Negretti, Adriano e Flávio Barros (A); Edcarlos e Diogo Oliveira (S). Público: 10.498. Renda: R$ 54.260,00


Daniel Leal/DP

Nenhum comentário: