domingo, 18 de março de 2012

Vitória vence Bahia em clássico eletrizante


A reta final da fase de classificação do Baianão 2012 vai pegar fogo: num duelo de tirar o fôlego, o Vitória bateu o Bahia por 3 a 2 na tarde deste domingo, 18, no Barradão, e diminuiu a sua diferença de pontos em relação ao rival.
Com o triunfo, o rubro-negro, ainda em segundo na tabela, chegou aos 29 pontos ganhos, quatro a menos que o tricolor, que está agora a dois jogos sem vencer no Estadual.
Diferentemente do primeiro clássico do ano, quando os torcedores presentes em Pituaçu saíram na bronca com um insosso empate sem gols, desta vez o grande clássico do futebol baiano teve um começo eletrizante. Na segunda etapa, o time do técnico Toninho Cerezo foi melhor em campo e teve mais chances de ampliar o marcador que o time de Falcão, mas apenas administrou o resultado.
Antes de o relógio marcar dez minutos de jogo, o Vitória já vencia por 2 a 0, com gols do artilheiro rubro-negro Neto baiano e de Gabriel Paulista. Apesar da forte blitz feita pelo Leão, o Tricolor manteve a calma e buscou o empate, primeiro com Souza, de pênalti, e depois com Gabriel, que aproveitou boa jogada de Morais. No final da primeira etapa, Geovanni recolocou o Vitória na frente em bela cobrança de falta.
A dupla Ba-Vi volta a campo na próxima quarta-feira, 21, pela 16ª rodada do torneio: às 20h30, o Vitória recebe o Juazeirense no Barradão e o Bahia, às 22h, encara o Vitória da Conquista no Lomanto Júnior.
Vitória 3X2 Bahia - 15ª rodada do Campeonato Baiano 2012.
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: Domingo, 18 de março de 2012.
Horário: 16h.
Árbitro: Manoel Nunes Lopo Garrido.
Assistentes: Álvaro Rocha Matos (FIFA) e Kleber Moradillo da Silva.
Público: 23.093 pagantes.
Renda: R$533.095,00.
Gols: Neto Baiano, Gabriel Paulista e Geovanni (aos 5, aos 7 e aos 46 minutos do primeiro tempo, respectivamente) para o Vitória; Souza e Gabriel (aos e aos 25 minutos do primeiro tempo, respectivamente) para o Bahia.
Cartões amarelos: William Matheus e Titi (Bahia); Gabriel Paulista, Uelliton e Geovanni (Vitória).
Vitória: Renan; Nino, Gabriel, Victor Ramos e Mansur; Uelliton, Michel, Pedro Ken (Rodrigo Mancha) e Geovanni; Marquinhos (Rildo) e Neto Baiano (Dinei). Técnico: Toninho Cerezo.
Bahia: Marcelo Lomba; Madson, Donato, Titi e William Matheus; Lenine, Fahel, Gabriel (Magno), Morais (Ávine); Júnior (Rafael) e Souza. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

A Tarde

Nenhum comentário: