quinta-feira, 12 de abril de 2012

Bahia de Feira de Santana é goleado pelo São Paulo e se despede da CB 2012




Tremendão reclamou muito da arbitragem, que deu um pênalti duvidoso no primeiro tempo
Tremendão reclamou muito da arbitragem, que deu um pênalti duvidoso no primeiro tempo
Com um a menos desde os 35 minutos do primeiro tempo, o Bahia de Feira se esforçou, conseguiu marcar duas vezes, mas acabou goleado pelo São Paulo, no Estádio Joia da Princesa, pelo placar de 5 a 2. O resultado elimina a necessidade do jogo de volta no Morumbi, classifica o tricolor paulista às oitavas de final da Copa do Brasil e tira o Tremendão da disputa do torneio.
Com gols de Rhodolfo, para o São Paulo, e Carlinhos, para o Bahia de Feira, o jogo esteve empatado em 1 a 1 até os 35 minutos de jogo, quando o árbitro Marcos André Gomes da Penha, do Espírito Santo, marcou um pênalti muito duvidoso para o tricolor paulista. Luís Fabiano entrou na área e caiu após chocar-se com o goleiro Dionatan, que foi expulso no lance.
O próprio artilheiro converteu a cobrança, deixando o time paulista na liderança do placar e no número de atletas em campo. No segundo tempo, Maicon e Osvaldo completaram a goleada do São Paulo. João Neto ainda descontou para o Tremendão, também de pênalti, no final do jogo. Na próxima fase, o São Paulo pega quem passar entre Atlético-GO e Ponte Preta. O jogo de ida foi 2 a 1 para os goianos e a volta será apenas na semana que vem.
Já o Tremendão volta as suas atenções para o Campeonato Baiano, onde briga para se classificar para a fase final. No domingo, 15, o Bahia de Feira enfrenta o Juazeiro, no Joia da Princesa, precisando apenas do triunfo para garantir a vaga.
O jogo -  Pela forma com que o jogo começou, a impressão era de que seria um baile do São Paulo. No primeiro minuto, Luis Fabiano recebeu na área, mas foi travado pelo goleiro Dionatan. Nova chance perigosa veio aos 9 minutos, quando o time visitante abriu o placar. Jadson bateu falta de longe e encontrou a cabeça de Rhodolfo. A assistência foi a quarta do meia em três jogos, todas em bolas paradas. Três desses gols foram do zagueiro.
O São Paulo continuava superior, apesar de não jogar bem. Lucas quase fez numa sobra de bola: bateu forte e mandou por cima. Luis Fabiano também levou perigo, num chute rasteiro da entrada da área.
Aí o Bahia de Feira se encontrou e deixou tudo igual aos 29 minutos. João Neto foi à linha de fundo pela esquerda, Piris não acompanhou e o atacante cruzou. Na área, foi a vez de Paulo Miranda errar e deixar Carlinhos mandar para o fundo do gol.
O São Paulo só voltou a ficar à frente graças a um erro do árbitro Marcos André Gomes da Penha, que marcou pênalti depois que Luis Fabiano foi lançado por Cícero, tentou driblar Dionatan e se jogou. Ao marcar a falta inexistente, o juiz se viu obrigado a expulsar o goleiro. O próprio Luis Fabiano foi para a cobrança e marcou.
O terceiro gol também foi do centroavante, de pênalti, mas este anotado corretamente pelo árbitro quando Paulo Paraíba derrubou Lucas na área, aos 13 minutos do segundo tempo. O gol, o sexto de Luis Fabiano na Copa do Brasil, freou o bom momento do Bahia de Feira, que jogava melhor que o São Paulo na segunda etapa, mesmo com um jogador a menos.
Depois de levar o gol que o eliminaria, o Bahia de Feira desanimou. Seguiu atacando, mas já sem o mesmo ímpeto. O São Paulo, enquanto isso, revezava erros com indisposição, uma vez que o 3 a 1 era suficiente. Luis Fabiano, porém, queria mais, e deu o passe para Maicon fazer o quarto.
Péssimo no jogo, mostrando que não está no mesmo nível dos companheiros, Paulo Miranda ainda cometeu um pênalti em Zé Roberto aos 38 minutos. João Neto bateu e fez. No lance seguinte, Luis Fabiano, com o gol aberto, sem goleiro, perdeu gol feito. O aniversariante Osvaldo (25) ainda fez o quinto no fim, aproveitando um desvio de Paulo Paraíba.

Bahia de Feira 2 X 5 São Paulo - Jogo de ida pela 2ª fase da Copa do Brasil 2012.

Local: Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana (BA).
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES).
Assistentes: Carlos Titara da Rocha (AL) e Leonardo Mendonça (ES).
Gols: Rhodolfo (aos 9 minutos do primeiro tempo), Luis Fabiano (duas vezes de pênalti, aos 35 minutos do primeiro tempo e aos 13 minutos do segundo tempo), Maicon (aos 34 minutos do segundo tempo) e Osvaldo (aos 42 minutos do segundo tempo) para o São Paulo; Carlinhos (aos 29 minutos do primeiro tempo) e João Neto (de pênalti, aos 39 minutos do segundo tempo) para o Bahia de Feira.
Cartões amarelos: Paulo Paraíba, Jackson, Raylan, Rogério, Paulo Miranda e Lucas.
Cartão vermelho: Dionatan.
Bahia de Feira: Dionatan; Thiago Granja, Paulo Paraíba, Menezes e Edson (Jonnathann); Carlos, Rogério, Jackson (Filipe) e Rayllan; Carlinhos e João Neto. Técnico: Arnaldo Lira.
São Paulo: Denis; Piris, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson (Casemiro), Cícero e Jadson (Maicon); Lucas, Fernandinho (Osvaldo) e Luis Fabiano. Técnico: Emerson Leão.

Vitor Villar, com informações da Agência Estado
Foto: Eduardo Martins/Agência A Tarde


Nenhum comentário: