quarta-feira, 25 de abril de 2012

Bahia enfrenta Lusa no Canindé


A partir das oitavas de finais, ao contrário do que acontece nas duas primeiras fases, um triunfo por dois ou mais gols sobre o time mandante no jogo de ida não antecipa a classificação às fases subsequentes da Copa do Brasil.
Ciente de que não poderá mais contar com esta benesse, o Bahia entra em campo contra a Portuguesa na noite desta quarta-feira, 24, no Canindé, de olho em outro ponto do regulamento da competição: o tricolor sabe que eventuais gols marcados fora de casa poderão significar o dobro de gols no jogo de volta e, por conseguinte, deixar bem encaminhada a sua classificação às quartas de finais.
Para conseguir superar o sistema defensivo da Lusa, no entanto, o Esquadrão terá que se superar: ainda desfalcada do artilheiro Souza, que, por prevenção, sequer viajou a São Paulo, a equipe tricolor também não terá o meia Morais, vetado com dores na panturrilha.
Um ano após ter se consagrado campeã da Série B do Brasileirão, a Portuguesa está em crise: acabou de ser rebaixada no Campeonato Paulista. Para reconquistar a confiança do seu torcedor, a Lusa terá como principal arma nesta quarta um jogador revelado pelo próprio Bahia: o meia Ananias, que teve 50% do seu passe vendido pelo time baiano e poderá ser escalado pelo time paulista.
Bahia e Portuguesa decidirão a classificação na quinta-feira, 10 de maio, e o vencedor encontrará nas quartas de finais o time que levar a melhor no duelo entre Fortaleza e Grêmio. O jogo de ida entre os clubes cearense e gaúcho acontecerá somente na próxima quarta-feira, 2, no Estádio Presidente Vargas.
Esquadrão - Além de não poder contar com Morais e Souza, o técnico do Bahia, Paulo Roberto Falcão, ainda não tem à sua disposição o lateral-esquerdo Ávine e o meia Jéferson, ambos ainda em recuperação de lesões.
O comandante tricolor, no entanto, ganhou o reforço do volante Fahel, que havia sido poupado na partida do último domingo, 22, quando o tricolor perdeu por 1 a 0 para o Vitória da Conquista, no jogo de ida da semifinal do Campeonato Baiano.
A julgar pela atitude do treinador, que treinou a portões fechados na manhã da última terça-feira, 24, o time tricolor deverá ter mais mudanças do que a esperada entrada de Fahel em lugar de Fabinho sugere imaginar.
É que, na parte final do treino, Falcão liberou a entrada da imprensa e não escondeu que, vestidos com coletes do time considerado titular, o zagueiro Danny Morais treinava em lugar de Rafael Donato e Vander atuava na vaga ocupada ultimamente pelo meia Magno.
Lusa - Com a compra de parte dos direitos econômicos do meia Ananias, a Portuguesa está isenta de pagar a multa que antes vigorava no contrato de empréstimo junto ao Bahia e não mais responderá judicialmente por escalar o jogador contra o seu ex-clube.
Esta parece ser a única boa notícia para uma equipe que, antes considerada uma das favoritas a se classificar para a fase eliminatória do Campeonato Paulista, acabou por desapontar o seu torcedor e amargar uma queda para a Série A2 local.
Para completar o mau momento, o técnico Jorginho, que estava no comando da equipe desde o início de 2011, alegou que já não tinha mais clima para permanecer e pediu demissão do cargo na semana passada.
A diretoria da Lusa agiu prontamente e, como substituto, anunciou o nome de Geninho, que fará o seu jogo de estreia contra o Bahia.
Portuguesa X Bahia - jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil.
Local: Estádio Canindé, em São Paulo (SP).
Data: Quarta-feira, 25 de abril.
Horário: 19h30.
Árbitro: Paulo H Godoy Bezerra (SC).
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Nadine Schram Camara Bastos (SC).
Portuguesa: Weverton; Luís Ricardo, Rogério, Renato e Ivan; Léo Silva, Guilherme, Boquita e Henrique; Ananias e Ricardo Jesus. Técnico: Geninho.
Bahia: Marcelo Lomba; Madson, Rafael Donato (Danny Morais), Titi e Gerley; Fahel, Diones (Lenine), Gabriel e Magno (Vander); Lulinha e Júnior. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

A Tarde

Nenhum comentário: