quinta-feira, 5 de abril de 2012

Paulo Roberto Falcão critica gramado após empate com Juazeirense



Campo ruim e arbitragem duvidosa foram a tona das explicações do técnico Paulo Roberto Falcão. O Bahia ficou no empate em 1 x 1 com o Juazeirense. Na coletiva pós jogo, o treinador tricolor reclamou bastante do gramado do Adauto Morais e fez um pedido especial à todos da imprensa baiana.
“O campo é muito ruim. Tenho dito que é inaceitável que se tenha um campeonato desse, mostrado em todo Brasil, com campos nestas condições. Não dá para jogar bola num campo desse. É difícil tocar a bola. Tem que dar um chutão para frente e recolher. O toque de bola aconteceu, mas é difícil. Vocês da imprensa tem que ajudar, não dá para pensar em futebol com um gramado desse”, bradou o Falcão.
Questionado se as ausências de jogadores considerados titulares influenciou no resultado da partida, o comandante azul, vermelho e branco negou e disse que a equipe merecia os três pontos.
“Não influenciou. O time jogou bem. Merecia a vitória dentro das circunstância que é jogar num gramado como esse. Tomamos um gol aos 48 minutos. Meus jogadores disseram que o jogador levou com a mão. Mas o que me chamou atenção foi que o bandeira correu só até a metade do campo. Fiquei com curiosidade. Queria saber o motivo. Ficou uma situação bastante duvidosa”, concluiu.

ecbahia.com

Nenhum comentário: