domingo, 8 de abril de 2012

Santa vence América em dia de Dênis Marques


Em ritmo de treino, o Santa Cruz venceu facilmente o lanterna América, por 5 a 0, na tarde deste domingo, no Arruda. Destaque para o atacante Dênis Marques, que voltou a marcar três gols em uma partida, e agora se iguala a Marcelinho Paraíba na artilharia do Estadual, com 12 gols. Geílson e Luciano Henrique completaram a goleada para o Tricolor. Foi a oitava vitória consecutiva da equipe comandada pelo técnico Zé Teodoro, que chega a reta final do Estadual de forma embalada. Com a vitória, a equipe coral permanece na vice-liderança, agora com 44 pontos, um a mais que o Salgueiro e três a menos que o Sport. próximo adversário do Santa na última rodada da primeira fase. O clássico do próximo domingo definirá o líder do Campeonato Pernambucano. O Leão terá a vantagem do empate. 

O primeiro tempo terminou apenas 2 a 0 para o Tricolor, mas poderia ter sido muito mais. Com extrema liberdade para avançar, os atletas do Santa Cruz tocavam a bola com tranquilidade, sem serem incomodados. Atacavam quando e como queriam. A cada bola alçada na área, por exemplo, era claro o desespero da zaga adversária, que por seguidas vezes apenas acompanhava o ataque coral passivamente. A partida estava tão em ritmo de treino que em um determinado momento o meia Luciano Henrique chegou a cobrar quatro escanteios seguidos. Parecia um treino tático. Tanto que a sequência só parou com o gol. Aos 15 minutos, Luciano cobrou o esquinado e a zaga do América somente assistiu Dênis Marques cabecear para as redes, sem sequer precisar sair do chão.

Jogador do time mais criativo na partida, o meia Luciano Henrique era o principal articulador das jogadas e também o atleta que mais finalizava. Aos 20 e 29, LH tentou chutes colocados, de fora da área, e viu a bola triscar a trave. Em outras duas oportunidades, ele deixou Geílson na cara do gol. O atacante, porém, esbarrou no goleiro do América. Aos 32, todavia, o Mequinha não escapou. Luciano Henrique avançou com velocidade pela direita e chutou cruzado. Dessa vez, Geílson não tinha como vacilar e apenas teve o trabalho de empurrar a bola para o gol vazio. Depois do segundo gol, ainda deu tempo para Carlinhos Bala e Dênis Marques perderem uma ótima chance cada.

Na volta para o segundo tempo, o América voltou com duas substituições. Deixaram o campo Jaílson e Flávio Barros para as entradas de Coringa e Edmílson. Se a intenção do técnico Charles Muniz era mudar a atitude da equipe, a estratégia não funcionou. Com extrema facilidade, o Tricolor chegou ao terceiro gol. Novamente, a dobradinha: bela jogada de Luciano Henrique pela esquerda e gol de Dênis Marques, que bateu no contrapé do goleiro Dida.

Após o gol, o América até esboçou uma melhora na partida. Aos 5 minutos, Juliano Roma obrigou o goleiro Tiago Cardoso a fazer a sua primeira defesa no jogo, sem muito perigo. Foi o máximo que o Mequinha fez. Depois disso, o Santa Cruz seguiu perdendo gols, com Carlinhos Bala e Geílson. Aos 28, Natan fez boa jogada e foi derrubado na área. Pênalti que Dênis Marques foi para cobrança e fez o seu terceiro no jogo e o 12° no Estadual. Aos 41, o quinto e mais bonito gol do jogo. Passe de calcanhar de Carlinhos Bala e toque com categoria de Luciano Henrique, o melhor jogador da partida.

Ficha do jogo

Santa Cruz 5

Tiago Cardoso; Diogo, Vágner, William Alves e Maisena (Jefferson Maranhão); Chicão (Léo), Memo, Carlinhos Bala e Luciano Henrique; Dênis Marques e Geílson (Natan).
Técnico: Zé Teodoro.

América 0

Dida; Roma, Léo Gama, Marcos e Adriano; Algodão, Cléber Gaúcho, Jaílton (Edmílson) e Juliano Roma (Carlinhos Gravatá); Flávio Barros (Coringa) e França.
Técnico: Charles Muniz.

Local: Arruda. Árbitro: Ricardo Tavares. Assistentes: Marcelino Castro e Charles Rosas. Gols: Dênis Marques (3), Geílson e Luciano Henrique (SC). Cartões amarelos: Carlinhos Bala, Chicão, Dênis Marques (SC); Marcos, Algodão, Flávio Barros (A). Público: 18.690. Renda: R$ 138.166,00.


Daniel Leal - Diario de Pernambuco

Nenhum comentário: