domingo, 1 de abril de 2012

Torcedores do Coruripe tentaram agredir atletas do CSA após derrota


O elenco do CSA foi surpreendido ao tentar deixar os vestiários do Estádio Gérson Amaral após o jogo contra o Coruripe, neste sábado. Vários torcedores do alviverde estavam aguardando a saída do time com o intuito de agredir os jogadores azulinos, por acreditarem que alguns jogadores teriam desdenhado da torcida, o que não passou de um mal entendido.
Vale lembrar que o jogador Washington chegou a receber um golpe com uma prancheta no rosto e um chute na perna de um integrante da diretoria do Coruripe após o final do jogo, enquanto dava entrevistas.
A falta de segurança para os times visitantes que jogam no estádio do Coruripe é inegável, tendo em vista que os vestiários ficam sem nenhuma proteção, a não ser uma simples porta de ferro que apresenta claros sinais de fragilidade.
O presidente do Azulão, Jorge VI, teve que solicitar policiamento extra para assegurar a integridade física dos jogadores do CSA. Felizmente, conseguiram adentrar o ônibus e retornaram em segurança à Maceió. O azulão venceu a partida por 1 x 0.

CSA

Nenhum comentário: