quarta-feira, 2 de maio de 2012

Fortaleza perde para o Grêmio na Copa do Brasil



Com dois gols antes dos 15min, o Grêmio conquistou uma ótima vantagem na luta para avançar para as quartas de final da Copa do Brasil. O 2 a 0 sobre o Fortaleza, fora de casa, permite que o time possa até perder por 1 a 0 no próximo dia 9, em casa, que estará classificado.

Derrota por dois gols de diferença, desde que marque (3 a 1, 4 a 2, etc.), também classifica a equipe gaúcha. Ao Fortaleza, restará uma vitória por 3 gols de diferença, fora de casa, ou então fazer 2 a 0, para levar a decisão para as penalidades.

O vencedor desta eliminatória encara o ganhador de Bahia e Portuguesa. No primeiro jogo, em São Paulo, empate em 0 a 0.

O Fortaleza entrou em campo prometendo uma pressão insuportável aos gaúchos. Com o apoio da torcida, que lotava o Presidente Vargas. Empolgado, o time criou três chances nos primeiros minutos, mas não teve eficiência na hora de concluir.

Quando chegou, o Grêmio decidiu a partida. Primeiro aos 11min. Cruzamento de Léo Gago, a zaga do Fortaleza falhou e a bola ficou com Marcelo Moreno, que dominou e bateu para abrir o placar. Dois minutos mais tarde, novo cruzamento, desta vez da direita e Marco Antônio pegou de primeira e mandou no ângulo, golaço no Presidente Vargas.

Confortável com a vantagem, o time gaúcho recuou para poder explorar os contra-ataques. Dava a bola ao Fortaleza, que não sabia o que fazer, errando passes em demasia. O Grêmio controlava a partida, sem se expor.

Mas no segundo tempo, tudo mudou. Os donos da casa pareciam inflamados pelos torcedores. Muito melhor, o Fortaleza passou a mandar no jogo. A criar inúmeras chances, mas desperdiçando todas, de várias maneiras, em chutes dentro da área, de fora da área, de cabeça, no rebote, em grandes defesas de Victor. Aí pesou a falta de tranquilidade dos jogadores do time cearense na hora de finalizar.

Nem a expulsão do lateral Pará, aos 18min do segundo tempo, facilitou as coisas para o Fortaleza. O técnico Nedo Xavier lançou mão de mais atacantes, para dar mais força ao setor, na tentativa de diminuir o prejuízo em casa.

Mas o que se viu foi a repetição nos erros na hora de concluir a gol. Na melhor oportunidade, aos 40min Cléo acertou lindo chute no ângulo, mas Victor voou e espalmou, frustrando toda a torcida presente no Presidente Vargas. O Fortaleza foi valente, não se entregou, seguiu tentando diminuir, mas o placar permaneceu inalterado até o fim.

ultimosfatos


Foto: LC Moreira / Futura Press - GE

Nenhum comentário: