domingo, 19 de agosto de 2012

Salgueiro fica no empate com Paysandu



A cada jogo nesta temporada, o Salgueiro dá mostras de que vencê-lo no Cornélio de Barros é algo bastante improvável de acontecer. Neste domingo, na briga pela classificação no G4 do Campeonato Brasileiro da Série C, o Carcará recebeu o Paysandu-PA. Até que o Papão tentou quebrar o tabu. Abriu a contagem e endureceu a partida. O Carcará perdeu algumas chances, mas conseguiu o empate em 1 a 1. Com o resultado, chegou à sua 17ª partida no ano sem saber o que é perder dentro dos seus domínios.  

Os sertanejos  iniciaram o primeiro ato do duelo a todo vapor. Pareciam estar dispostos a liquidar a fatura já no começo do confronto. Chegaram, inclusive, a marcar um gol relâmpago, que acabou sendo anulado pela arbitragem. Aos seis minutos de bola rolando, o atacante Marciano quase abriu o placar para os mandantes. O Salgueiro seguia pressionando os paraenses. Pecava somente no último toque. O Papão, por outro lado, tentava se aproveitar dos contra-ataques e de algumas falhas do sistema defensivo salgueirense. Mas todas as poucas investidas foram desperdiçadas.  No meio do primeiro tempo, os pernambucanos perderam um pouco de força ofensiva devido a saída do arisco lateral-direito Marcos Tamandaré, que teve de deixar o campo sentindo dores musculares. 

No começo segundo tempo, o Salgueiro seguiu apresentando os mesmos erros de finalização. O volante Pio perdeu um gol cara a cara com o goleiro, logo aos 10 minutos. O preço foi caro. Aos 15, o Paysandu fez 1 a 0, com Vanderson. O Carcará, no entanto, não se acuou. Seguiu na pressão. A resposta terminou sendo imediata. Um minuto depois de sofrer o gol, o experiente atacante Júnior Ferrim, que havia acabado de entrar no lugar do pouco produtivo Edmar, acertou a barra e deixou tudo igual no placar: 1 a 1.

Yuri de Lira - Diario de Pernambuco

Nenhum comentário: