sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Náutico perde para o Grêmio no Olímpico



O Náutico amargou a segunda derrota consecutiva no campeonato, fora de casa, dessa vez para o Grêmio, que atravessa grande fase, pelo placar de 2x0. Os gols da partida foram marcados por Marco Antônio, ex-Náutico, que entrou no segundo tempo, e do atacante Kléber, no finalzinho da partida. Atualmente o Timbu ocupa a 14ª colocação do Brasileiro, com 28 pontos. O próximo desafio é contra o Atlético-MG, vice-líder, com 51, domingo, às 16h, nos Aflitos.

O Jogo

Foi do Náutico a primeira chance de gol. Aos dois minutos, grande oportunidade numa falta cobrada por Lúcio na quina da grande área, mas o lateral bateu direto para o gol, para a defesa de Marcelo Grohe.

O Grêmio respondeu no chute fora da área do meia Marquinho, que substituia Zé Roberto, mas a bola passou à direita da meta de Gideão.

O time gaúcho tinha mais posse de bola, mas não conseguia criar as jogadas, devido a forte marcação da equipe alvirrubra, que dificultava a saída do adversário.

Aos 23 minutos o técnico alvirrubro foi obrigado a fazer a primeira modificação do jogo. Martinez saiu com dores musculares na coxa para entrada de Josa.

O Náutico continuava bem postado em campo e o Grêmio não criava nada. As melhores oportunidades, como era de se esperar, vinha do alto, com as bolas aéreas.

Aos  32 minutos, o Grêmio desperdiçou a melhor oportunidade do jogo. Após falta cobrada por Elano pela direita, Souza bateu de chapa, e a bola explodiu no travessão de Gideão, indo para linha de fundo.

O Grêmio teve outra boa oportunidade no chute de fora da área de Fernando, a bola fez uma curva e passou raspando o travessão de Gideão.

No final do primeiro tempo, Souza fez a inversão de jogo da equerda para a direita e encontrou Patric livre, o lateral avançou, ganhou do zagueiro e chutou rasteiro, cruzado, nas redes pelo lado de fora, assustando o goleiro Marcelo Grohe.


2º TEMPO

No intervalo da primeira para a segunda etapa, o técnico gremista, Wanderley Luxemburgo, resolveu fazer duas substituições na equipe. Leandro entrou no lugar de Marquinhos e Marco Antônio na vaga de Fernando.

Na primeira participação, Leandro teve grande oportunidade de abrir o marcador, logo aos dois minutos. Ele recebeu na entrada da área e chutou, a bola passou perto, por cima do gol, assustando Gideão.

Mas o Timbu respondeu em seguida, em dois contra-ataques rápidos. O primeiro com Rogério e o segundo com Rhayner. Os dois tentaram supreender Grohe com arremates de fora da área, mas o goleiro estava bem colocado e fez as defesas.

O Náutico teve a chance de inaugurar o placar após a boa jogada de Elicarlos que deixou Souza em boas condições, mas na hora de dominar, deixou escapulir e Grohe ficou com a sobra.

O Timbu era melhor na partida, mas o Grêmio abriu o placar de forma um pouco despretenciosa. Marco Antônio, ex-Náutico, que acabara de entrar, acertou um chute de longe e a bola foi no canto direito de Gideão, inaugurando o placar no Olímpico. Grêmio 1x0 Náutico.

Atrás do placar, o técnico Alexandre Gallo resolveu mexer duas vezes no time. João Paulo entrou no lugar de Souza e Kim na vaga de Lúcio. Luxemburgo também resolveu mudar, colocando Léo Gago na vaga de Marcelo Moreno, logo em seguida.

O jogo ficou morno até os 28 minutos, quando Patric perdeu a bola Léo Gago, o jogador avançou e chutou da entrada da área, Gideão fez grande defesa, espalmando de pontas de dedo, para escanteio.

Em busca do empate, o Timbu foi para o ataque e sobrava espaços para o Grêmio trabalhar as jogadas. Na cobrança de lateral, Kléber fez o giro em cima de Alemão e cruzou rasteiro para a área, o atacante furou, mas Pará pegou de primeira, obrigando Gideão a fazer grande defesa, espalmando para escanteio.

Depois foi a vez de Elano cobrar uma falta frontal à meta de Gideão, mas o goleiro alvirrubro, atento ao lance, espalmou afastando perigo.

No finzinho da partida, Rogério teve outra boa oportunidade para empatar, mas pegou mal na bola, chutando por cima do gol de Marcelo Grohe.

O castigo veio no lance seguinte. Após cruzamento rasteiro pela direita, Kléber fez o giro em cima de Douglinhas e chutou rasteiro, no canto direito de Gideão, que nada pode fazer, decretando números finais na partida. Grêmio 2x0 Náutico.


FICHA TÉCNICA - GRÊMIO 2X0 NÁUTICO

Local: Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 13/9/2012 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Edinei Guerreiro Mascarenhas (Fifa-RJ) e Luiz Antonio Muniz de Oliveira (Fifa-RJ)
Renda/Público: R$339.351,00 / 17.399 pagantes
Cartões Amarelos: Fernando (GRE); Patric, Jean Rolt e Josa(NAU)
Cartões Vermelhos: Não houve

GOLS: Marco Antônio, 15'/2ºT (1-0); Kleber, 46'/2ºT (2-0)

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando (Marco Antônio), Souza, Elano e Marquinhos (Leandro - Intervalo); Kleber e Marcelo Moreno (Léo Gago - 25'/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

NÁUTICO: Gideão, Patric, Alemão, Jean Rolt e Lúcio; Elicarlos, Souza (João Paulo - 23'/2ºT), Martinez (Josa - 26'/1ºT) e Lúcio (Kim - 23'/2ºT); Rhayner e Rogério. Técnico: Alexandre Gallo.

Por Alexandre Wolkoff / Foto: Ricardo Rímoli (Lancenet)

Nenhum comentário: