sábado, 8 de setembro de 2012

Pontinho importante para o Vitória


O Vitória saiu na frente, mas não segurou o placar e ficou apenas no empate de 1 a 1 com o Ipatinga, na tarde deste sábado, 8, no interior de Minas Gerais, pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.
Mas o ponto conquistado fora de casa não deixa de ser valoroso. Mantido na ponta da tabela pela sétima rodada consecutiva, o rubro-negro agora soma 50 pontos ganhos, quatro a mais do que o vice-líder Criciúma, que tropeçou dentro de casa contra o América-MG: derrota por 4 a 0.
Apesar de ter apresentado um desempenho que não faz jus à portentosa campanha que ostenta no torneio nacional, o Leão saiu na frente do placar em Ipatinga: aos 15 minutos do segundo tempo, Pedro Ken aproveitou lançamento e, com um chute de primeira, marcou um golaço. Cinco minutos depois, Wellington Bruno teve a felicidade de acertar uma bomba de fora da área para empatar.
Enquanto a igualdade no placar serviu para aumentar a diferença do time baiano sobre o segundo colocado, para o Tigre o resultado não merece comemoração. A equipe mineira ocupa apenas a 18ª colocação, com 16 pontos ganhos, e segue ameaçado pelo rebaixamento para a Série C.
Para tentar voltar a vencer depois de três empates consecutivos, o rubro-negro retorna a campo, às 19h30 da próxima terça-feira, 11, contra o Boa Esporte, no Barradão. No mesmo dia e no mesmo horário, o Ipatinga encara o Avaí na Ressacada, em Florianópolis-SC.
Início sem gols - O Vitória passou os dez minutos iniciais do jogo apenas a se defender das limitadas investidas de ataque do Ipatinga. Depois, se ambientou melhor ao forte calor da cidade do interior mineiro, encaixou a marcação e, embora desprovido de um futebol envolvente, criou as melhores chances para abrir o placar.
O time da casa levou perigo logo aos quatro minutos: João Victor iniciou jogada na intermediária, recebeu passe na grande área e, livre, bateu à meia altura, mas Deola fez uma grande defesa. Aos 13, Max Carrasco pegou sobra na intermediária e mandou uma bomba; o goleiro rubro-negro, bem colocado, segurou.
O Vitória respondeu um minuto depois: Tartá recebeu cruzamento pelo lado esquerdo e, sem ângulo, tentou chute cruzado, mas Helton defendeu. Na sequência, o Ipatinga chegou com perigo outra vez: Anderson Uchoa aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou com perigo, mas mandou ao lado da meta de Deola.
Aos 18 minutos, Élton roubou bola pelo lado direito e cruzou à meia altura na área; William completou para o gol, mas mandou apenas na rede pelo lado de fora. A melhor chance do Leão, porém, saiu aos 36 minutos: Tartá fez boa jogada pelo meio e serviu Élton na direita; o atacante limpou a jogada e bateu colocado no canto; a bola bateu na trave. Três minutos depois, a zaga baiana cochilou e Batata somente não marcou porque pegou mal na bola que lhe sobrara na grande área.
Jogo melhora - Ipatinga e Vitória aproveitaram a diminuição do calor que ditara o ritmo na primeira etapa e, mais dispostos, proporcionaram aos poucos torcedores presentes na arquibancada um segundo tempo pelo menos mais movimentado.
Assim como na etapa inicial, o time da casa foi melhor nos primeiros minutos, mas não levou perigo a Deola. Aos 13 minutos, João Victor recebeu entrou na área pelo lado direito, passou por Gilson e foi ao chão, pedindo pênalti; o ábitro negou e deu apenas tiro de meta.
Dois minutos depois, Gilson fez um lançamento primoroso para Pedro Ken, que, da entrada da área, emendou chute de primeira e mandou no canto direito do goleiro Helton: 1 a 0. Com o tento sofrido, o Tigre foi para cima e não demorou a empatar: após blitz na área rubro-negra, Wellington Bruno aproveitou sobra na intermediária e mandou uma bomba, no canto de Deola. 1 a 1.
O Vitória, que, enquanto Pedro Ken cumpria a função de segundo volante, já atuava com Eduardo Ramos e Willie como armadores, seguiu pouco contundente e chegou com perigo outra vez somente aos 34 minutos: Élton aproveitou cruzamento de Gilson e finalizou de cabeça; Helton segurou. Daí em diante, o Ipatinga teve mais a bola, mas criou pouco. Empate justo.

Ipatinga 1x1 Vitória - 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Local: Estádio Ipatingão, em Ipatinga (MG).
Data: Sábado, 8 de setembro.
Horário: 16h.
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (Asp. Fifa-RJ).
Assistentes: Luiz Antônio Muniz de Oliveira (CBF/RJ) e Luiz Cláudio Regazone (CBF/RJ).
Gols: Wellington Bruno (aos 20 minutos do segundo tempo) para o Ipatinga; Pedro Ken (aos 15 minutos do segundo tempo) para o Vitória.
Cartões amarelos: Leandro Brasília (Ipatinga); Élton (Vitória)
Ipatinga: Helton Leite; Gedeílson, Eron, Max e João Victor; Anderson Uchoa, Max Carrasco, Márcio Diogo (Bachi) e Wellington; Leandro Brasília (Sílvio) e Bruno Batata (Jonathan) Técnico: Eugênio Souza.
Vitória: Deola; Nino Paraíba (Léo), Gabriel, Rodrigo e Gilson; Uelliton, Michel (Willie), Pedro Ken e Tartá (Eduardo Ramos); Élton e William. Técnico: Paulo César Carpegiani.

A Tarde

Nenhum comentário: