quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Vitória negocia Marta para disputar Libertadores




No que depender do esforço da diretoria da Associação Acadêmica e Desportiva Vitória e a da vontade da jogadora Marta, o acerto está feito. Eleita a melhor atleta do mundo por cinco vezes consecutivas, a atacante alagoana poderá defender a equipe pernambucana durante a Taça Libertadores, prevista para acontecer no estado pela primeira vez, no mês de novembro. A jogadora deixou claro para o vice-presidente de futebol feminino do Vitória, Modesto Roma Júnior, que tem o desejo de jogar no Nordeste. Era tudo o que o clube de Vitória de Santo Antão queria ouvir para tentar transformar o sonho em realidade.

A diretoria do Tricolor das Tabocas está em negociação com o clube sueco Tyresö, através do empresário da atleta, Fabiano Farah. “Estamos negociando e não está sendo fácil. Transferência internacional é complicada. Você viu a novela que foi a ida do Ganso, do Santos, para o São Paulo? Agora, imagine tratar com um clube da Suécia. O empresário de Marta, Fabiano, é quem vem intermediando a negociação. O problema maior não é financeiro”, explicou Modesto.

Ainda de acordo com o dirigente, um seguro deverá ser feito para que a camisa 10 da seleção brasileira apareça nos gramados pernambucanos. “Isto será fundamental. Ela é muito profissional e correta. Começamos a negociar com ela no sábado passado e isso deve se estender por mais de duas semanas”, acrescentou.

Modesto Júnior adiantou também que a transação entre o Vitória e Marta não vai se transformar em novela. “Não vai ter muita enrolação, nem novela. Somos todos objetivos. Se for possível ter a Marta no nosso elenco vai ser ótimo, fantástico. Mas também se não der, o sonho acaba. As complicações contratuais são muitas. Só a vontade dela não concretiza o nosso sonho. Mas vamos aguardar”.

Residência

Enquanto as conversas com os representantes da atleta prosseguem, o clube interiorano busca trazer patrocinadores para custear a vinda da jogadora. O valor do salário oferecido a ela não foi revelado e detalhes da estada de Marta só serão fechados quando o contrato for, de fato, assinado. “Ela deverá morar em Vitória de Santo Antão mesmo. Temos casas boas por aqui. Mas só vamos correr atrás disso quando tudo estiver fechado”, contou Paulo Roberto, presidente do clube.

Além de Marta, o Vitória está mantendo contato com outras duas atletas que vestiram a camisa da seleção brasileira na última edição dos Jogos Olímpicos, em Londres. Os nomes estão sendo mantidos em segredo pela diretoria do clube. No começo da próxima semana, os diretores pretendem fazer os anúncios, caso a transferência seja efetivada.

Super Esportes

Nenhum comentário: