terça-feira, 23 de outubro de 2012

Atleta do Águia denuncia proposta para entregar jogo ao Santa



A manhã desta terça-feira (23), foi movimentada fora de campo no futebol paraense. Uma suposta tentativa de suborno mexeu com os ânimos no Águia de Marabá.

O volante Analdo, um dos líderes do elenco do time marabaense, teria recebido uma mensagem em seu celular em que estaria sendo oferecida uma quantia em dinheiro em troca de alguns ‘favores’ para a partida contra o Santa Cruz-PE.

“Cheguei de viagem da Paraíba e liguei meu celular. Lá estava uma mensagem do empresário de Recife, Rafael Monteiro, me oferecendo R$15 mil reais para que eu faça um pênalti e seja expulso no primeiro tempo, na partida contra o Santa Cruz”, disse o atleta.

Analdo sentiu-se indignado com a proposta e teria recusado alegando ser religioso e não compactuar com essas atitudes que vão de contra com os valores do esporte.

O jogador espera que o episódio sirva como um fato que chame a atenção dos clubes paraenses na última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C. “Isso aí serve até de atenção pra gente (Águia), não só pra gente, mas também para o Paysandu que vai jogar fora de casa, até mesmo  com arbitragem”, disse preocupado.

Analdo no período da tarde vai se reunir com a diretoria do Águia para tomarem providências judiciais sobre o ocorrido.

Azulão e Santa Cruz-PE jogam neste domingo (28), no Estádio Zinho Oliveira. Um resultado negativo pode rebaixar os marabaenses para a Série D, além de poder eliminar o Paysandu na primeira fase da competição nacional.

(Felipe Saraiva/DOL)
Foto: Júnior Oliveira

Nenhum comentário: