sábado, 6 de outubro de 2012

Não joga fora a classificação, Zé!


Foram muitos erros na 4ª derrota do Santa Cruz na Série C.

A começar da escalação.

Fica difícil entender a causa de Luciano Henrique permanecer na reserva.

Leozinho e Leandro Oliveira são meias que só jogam com bola no pé. Correr atrás de bola?

Renatinho entrou lateral esquerda. Tiago Costa foi sacado do time. Muito bem. Este último foi terrível contra o Cuiabá. Só um detalhe. Renatinho não apoiou. Não por suas características. É óbvio que a ordem partiu do banco. Por jogar com dois meias, Teodoro pensou que a equipe ficaria ofensiva (só pensou).

Fica muito complicado entender a dispensa do Diego Bispo, com Edson Borges com a camisa titular.

Dênis Marques reeditou as sus más atuações. Apático, cansado ainda no primeiro tempo. Calor? Óbvio. Para todos. Principalmente, para aqueles que tem a noite mais curta. Mais um pênalti desperdiçado. E de forma bisonha.

Time afrouxou na marcação? Certo. E quem é que deve cobrar?

Um erro no banco.

Dois zagueiros (Éverton Sena e César Lucena) e nenhum volante (Ramalho viajou mais, mas foi sacado).

O que dá para entender é que, se o Santa obtivesse vantagem no resultado, poderia terminar o jogo com uma multidão de zagueiros. Assim como terminou com uma multidão de atacantes (sem objetividade).

Bola pelo alto na zaga do Santa, é um terror.

Deve se classificar para a próxima fase.

Pela torcida. E por jogar contra dois adversários já classificados.

Entretanto, para que isto aconteça, terá que suar muito.

O Santa nunca esteve tão perto (e tão longe) da classificação.

Das equipes que vimos jogar, só o Salgueiro tem futebol para fazer frente.

Te cuida Tricolor.

Não joga fora a classificação, Zé!



Foto: DP

Um comentário:

Júlio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.