quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Um Náutico surpreendente! Ao final, nenhuma surpresa.

Um jogo surpreendente!

Sob todos os aspectos.

A partir da escalação do Náutico.

Sem EliCarlos e Kieza, poupados. A expectativa, era que Alexandre Gallo utilizasse o volante Josa no meio e mantivesse o esquema com 3 atacantes.

A surpresa!

O Náutico foi escalado com 4 atacantes. Rhayner, Araújo, Rogério e Kim.

Conseguiu um gol logo aos 4 minutos com Douglas Santos. Dominou uma boa parte do primeiro tempo.

No segundo tempo, o técnico da Ponte Preta trocou um volante por um atacante, e era esperada a reação dos campineiros.

Mesmo assim, o timbu ainda desperdiçou algumas oportunidades com Rogério e Kim.

O grande erro de Gallo, foi permanecer com o mesmo esquema. Se você mantém em campo 4 atacantes, é óbvio que perde no poder de marcação.

Outro erro. No banco de reservas, 3 laterais, um volante, um meia e um atacante.

Quando o Náutico perdeu Jean Holt por contusão, foi obrigado a colocar Josa improvisado.

É bom lembrar que o zagueiro Gustavo não viajou. O primeiro volante Dadá também ficou em Recife.

Quanto aos atacantes.

Kim, Rhayner e Rogério são bastante rápidos. Desmontam qualquer defesa. Agora no quesito finalização, um terror.

Araújo. Mais uma vez, figura nula em campo.

Podemos afirmar que o Náutico perdeu pelos seus próprios erros.


Nenhum comentário: