domingo, 11 de novembro de 2012

Náutico enfrenta Flamengo por vaga na Sul-americana



Não há outro modo de imaginar o Náutico atuando nos Aflitos que não em velocidade máxima, sufocando o adversário, atrás da vitória durante os 90 minutos e os acréscimos. E assim vai continuar sendo. Mesmo com a manutenção na Série A praticamente assegurada, quando entrar em campo às 18h30 deste domingo (horário do Recife), o Timbu irá em busca dos três pontos a todo custo contra o Flamengo. O intuito é seguir firme em seu propósito de terminar a competição no G10 e com o “ingresso” à Copa Sul-Americana devidamente garantido para a próxima temporada.

É natural atribuir a Kieza a maior parte das vitórias do time nos Aflitos. Mas o sucesso do artilheiro deve-se, em grande parte, à defesa. A evolução é contínua. Ao ponto de, hoje, o Timbu possuir um dos setores defensivos mais eficientes do campeonato, com zagueiros, laterais e volantes bem encaixados. O retrospecto recente comprova. Nos últimos cinco jogos, o time sofreu apenas dois gols, na derrota para o Coritiba. Passou quatro partidas invicto. A defesa entrará em campo contra os cariocas com a invencibilidade de quase 280 minutos sem ter suas redes balançadas – recorde da equipe na Série A.

Uma engrenagem que vai precisar de adaptação para encarar o Flamengo. Em grande fase, o zagueiro Jean Rolt não terá Alemão, suspenso, ao seu lado. Ronaldo Alves volta de contusão, mas deverá ficar no banco como opção, em razão da falta de ritmo de jogo (está há um mês sem atuar). Alison deverá assumir a vaga. Outra baixa no Náutico é Elicarlos. O volante deixou o jogo contra o Internacional ainda no primeiro tempo por conta de uma lesão na coxa esquerda. O seu substituto, teoricamente, é Josa.

Super Esportes

Nenhum comentário: