quinta-feira, 14 de março de 2013

Náutico bate Porto nos Aflitos


Longe de ser brilhante, mas mantendo uma eficiência singular, o Náutico segue na rotina intermitente de vitórias e muitos gols. Jogando apenas o suficiente para vencer e se manter na liderança do Estadual (agora com 15 pontos), o Timbu fez 3 a 0 sobre o Porto, na noite desta quarta-feira, nos Aflitos. Os gols foram marcados pela dupla Elton e Rogério (duas vezes), artilheiro e vice-artilheiro da competição, com 13 e dez gols, respectivamente. Neste segundo turno, inclusive, Elton mantém uma excelente regularidade de ter marcado pelo menos um gol por jogo. De quebra, o até então criticado sistema defensivo ainda chegou ao terceiro jogo sem sofrer gols.

Era exatamente o que o Náutico precisava para ganha o fôlego necessário para chegar ainda mais poderoso ao clássico contra o Sport, domingo, na Ilha do Retiro. Com o melhor ataque do Brasil (42 gols em 14 jogos) e uma invejável ma média de três jogos por jogo na temporada, o Timbu terá pela frente agora o primeiro grande teste do ano. Será a chance de mostrar que os números traduzem com fidelidade o poderio da equipe considerada como principal candidata ao título do Campeonato Pernambucano.

O jogo

Nem mesmo o esquema "ferrolho", com três zagueiros e o meio de campo (bastante) povoado com seis atletas, evitou que o Porto não sofresse com o melhor ataque do Brasil. Apesar de bem postado defensivamente e até se arriscando ao ataque em contra-ataques rápidos, o Gavião não teve êxito nem na frente nem muito menos na defesa. Depois de perder uma grande chance com Joelson, em uma grande defesa de Felipe, o Náutico não deu mais chances.

Trocando sob a regência do maestro Martinez, de volta ao time, o Timbu chegou ao gol aos 19 minutos. Após ótimo passe de Giovanni Augusto, Rogério sofreu pênalti e Elton abriu o placar. Aos 40 min, a zaga do Porto saiu jogando errado, Elton roubou a bola e passou para Rogério. O atacante driblou três e chutou com muita força, sem chance para Rodrigo Carvalho.

O segundo tempo começou exatamente como o primeiro, com o Gavião fechado na defesa e o Timbu trocando passes. Mais tranquilo pela vantagem no placar, o Náutico diminuiu o ritmo da partida e pouco finalizou. Tanto que o terceiro gol só saiu aos 35 minutos. Auremir fez grande jogada e deixou Elton de frente para o gol. O atacante driblou Rodrigo Carvalho e passou para Rogério, sem goleiro, fazer o segundo dele no jogo e sacramentar a vitória alvirrubra.

Ficha do jogo

Náutico 3
Felipe; Maranhão (Auremir), Alemão, Luis Eduardo e Douglas Santos; Marcos Paulo, Martinez (Josa) e Giovanni Augusto (Vinícius Pacheco); Rogério, Jones Carioca e Elton.
Técnico: Vágner Mancini.

Porto 0
Rodrigo Carvalho; Renato, Ari e Fabrício (Anderson); Juninho, Cosme, Vágner Rosa, Tiago Orobó (Mateus), Renan (Evandro) e Jackson; Joelson.
Técnico: Luiz Müller.

Local: estádio dos Aflitos. Árbitro: Ricardo Jorge. Assistente: Charles Rosa e Bruno Chaves. Gols: Elton e Rogério (2) (N). Cartões amarelos: Jones Carioca e Elton (N); Renan. Rodrigo Carvalho, Fabrício, Joelson, Ari, Tiago Orobó e Vágner Rosa (P). Público: 7.701. Renda: R$ 63.123,00.

Daniel Leal - Diario de Pernambuco

Nenhum comentário: