quarta-feira, 3 de julho de 2013

Salgueiro e Criciúma ficam no 0 x 0


O baixo nível técnico apresentado por Salgueiro (PE) e Criciúma refletiu diretamente no resultado da partida entre os dois clubes, que terminou empatada em 0 a 0, nesta quarta-feira, no Cornélio de Barros, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Com o panorama, no próximo dia 17 de julho, no Heriberto Hülse, os dois times precisam apenas de uma vitória simples. Empate com gols garante a vaga para os cearenses, enquanto a repetição do placar leva o duelo para os pênaltis.

O JOGO

O primeiro tempo foi muito sonolento para quem estava assistindo. Os times tinham dificuldades e não conseguiam passar da intermediária, muito em função do péssimo estado do gramado do Cornélio de Barros.

Enquanto o Criciúma tinha dificuldades com o entrosamento, devido às estreias de Morais e Wellington Paulista no time titular, o Salgueiro aproveitava o fator casa para criar suas principais chances de gol. Em chutes de Caicó, Pery e Marcos Tamandaré, os cearenses quase abriram o placar.

O cenário da partida mudou completamente na etapa final, que foi dominada pelo Tigre. Além do controle da posse de bola, o Criciúma quase abriu o placar em chute de primeira de Wellington Paulista, que obrigou Mondragon a fazer ótima defesa.

Os catarinenses ainda conseguiram balançar as redes adversárias, em uma cabeçada de Ewerton Páscoa, mas o gol foi anulado corretamente devido à posição irregular do jogador.
Na sequência, o jogo ficou ainda mais truncado, e o placar sem gols foi justo durante os 90 minutos.

 LANCENET

Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma

Nenhum comentário: