quinta-feira, 3 de julho de 2014

Fifa libera uruguaio Suárez para treinar e ser negociado


O uruguaio Luis Suárez poderá treinar e ser negociado, confirmou nesta quinta-feira o Comitê Disciplinar da Fifa, que definiu punição de nove jogos pela seleção de seu país e quatro meses de afastamento do futebol por causa da mordida no italiano Giorgio Chiellini, durante jogo da Copa do Mundo.

"Não se pode limitar esses direitos (de treinar) do jogador, porque seria uma medida desproporcional", disse hoje, em coletiva de imprensa concedida no Maracanã, o presidente do Comitê de Disciplina, o italiano Claudio Sulser.

O responsável pelo órgão independente da entidade, explicou que foi ele quem impulsionou a abertura de investigação contra o jogador uruguaio e que foi necessário tomar decisão rápida sobre a punição porque a seleção celeste estaria na disputa das oitavas de final.

O presidente do Comitê de Disciplina garantiu que o caso de Luis Suárez "segue aberto, porque houve um recurso". A apelação da federação uruguaia, com isso, impede o representante de opinar a respeito.

UOL

Nenhum comentário: