sábado, 19 de julho de 2014

Santa perde para o Vila Nova-GO no Serra Dourada

Com problemas dentro e fora de campo, o Vila Nova deu ao torcedor um motivo para comemorar neste sábado. Após 11 rodadas, a equipe enfim venceu na Série B do Campeonato Brasileiro ao bater o Santa Cruz, por 3 a 2, em jogo tumultuado no Serra Dourada.

Em casa, o Vila Nova sofreu para conseguir sair com o resultado positivo. Nunca ficando atrás no placar, a equipe teve dificuldades com um adversário que parecia melhorar a cada gol sofrido. Os responsáveis pelos gols do time da casa foram Jheimy, Radamés e Paulinho, enquanto Pingo e Danilo Pires descontaram para os visitantes.

Na última semana, além de sofrer mais uma derrota, o time goiano teve problemas nos bastidores, com jogadores pedindo rescisão de contrato e obrigando o treinador a realizar mudanças. Apesar de ter conseguido a primeira vitória Brasileirão, o time ainda vive em uma situação complicada e permanece na última colocação da tabela de classificação, com cinco pontos. Já o Santa Cruz não conseguiu se recuperar da derrota sofrida no meio da semana e permanece em 11º, com 16 – a posição ainda pode sofrer alteração caso o Náutico vença ou empate nesta rodada.

O próximo compromisso do Vila Nova no Brasileirão é o confronto contra o Sampaio Corrêa, no próximo sábado, no Castelão (MA). Enquanto isso, o Coral tentará voltar a vencer no duelo contra o Ceará, no Arrudá, também no sábado. O Santa, no entanto, entra em campo no meio da semana, para enfrentar o Botafogo-PB, pelo jogo de volta da Copa do Brasil.

Gols - Jheimy, Radamés (pen) e Paulinho (VN)
Pingo e Danilo Pires (SC)
Público - 1.780
Renda - R$ 22.535,00
Arb - Antônio Neuricláudio Costa (AC)
Aux - Rener Santos de Carvalho e Jean Carlos Rodrigues da Silva

Vila Nova: Cleber Alves; Léo Rodrigues, João Paulo (Gabriel), Vítor e Rafinha; Leonardo, Radamés, Nenê Bonilha (Junior Xuxa) e Paulinho; Dimba (Evandro Paulista) e Jheimy. Técnico: Márcio Goiano

Santa Cruz: Tiago Cardoso, Nininho (Emerson Santos), Everton Sena, Renan Fonseca, Renatinho; Memo, Sandro Manoel (Bileu), Danilo Pires e Wescley; Pingo e Léo Gamalho (Betinho). Técnico: Sérgio Guedes

Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: